terça-feira, 11 de abril de 2017

Rubrica: Livros do mês #10

Olá, olá! Já achavam que eu me tinha esquecido, não era? Mas não, não ia abandonar a rubrica sem antes ela completar, pelo menos, um ano! Mas como eu não tenho lido quase nada e estou há umas largas semanas com o mesmo livro na cabeceira, não sabia muito bem o que trazer este mês. Estão a ver a minha posição, não é? Então, resolvi pegar em três livros que quero mesmo ler, pode ser?
Podem clicar em cada imagem e vão diretamente para o site da Bertrand, onde podem ler as sinopses de cada um e comprá-los, claro, eheh.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Cartas do Passado #7

Vídeo: "False Alarm" - Matoma & Becky Hill
Se soubesses a importância que tens...
Se soubesses o quão caída por ti fico quando vens com as tuas piadas parvas, histórias absurdas e teorias malucas...
Se soubesses o quanto passei a gostar de olhar para cima e de ver olhos claros e esse teu ar misterioso e desajeitado...
Se soubesses o quão ferida e cansada estou mas que erguer-me-ia apenas para ajudar a cicatrizar as feridas profundas que carregas...
Se soubesses, faria alguma diferença?
Esta paixão é cansativa, sabes? Esta paixão é desastrosamente estúpida.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Este sufoco.

 ENSAIO "My anxious heart"
"Eu queria fazer um desabafo sobre a minha ansiedade... Eu queria dizer que as moscas voltaram a voar sobre os pratos e copos sujos na pia. Eu queria ter forças para me levantar, mas não sei por onde começar e a minha maior agonia é saber que está tudo no mesmo lugar. 
Eu queria poder explicar. Ao mesmo tempo que não ligo ao que pensas, a tua opinião parece que me vai engolir.
A casa está uma bagunça, a minha cabeça está de cabeça para baixo. Que raio, em que momento ela voltou?! Eu pisquei os olhos e quando percebi não queria mais acordar.
Eu mando as pessoas embora da minha vida. Mas choro baixinho. Por favor, fica...
Eu vejo-os ir embora e eu não consigo ter palavras para descrever o que está a acontecer comigo. Eu queria pedir socorro mas não tenho voz. Eu queria chorar mas não tenho mais lágrimas. Eu estou a sufocar na superfície do meu ser.

sábado, 1 de abril de 2017

Menti.

É incrível como, num ano, tanta coisa pode mudar. 
É absurdo como o brilho nos olhos pode ser tão intenso agora e completamente apagado daqui a nada.
É surpreendente como num minuto celebramos o ganho e na hora seguinte sofremos pela perda. 
Mas avassalador mesmo é o quanto algumas coisas podem durar enquanto não são proferidas. 
Um sentimento não contado jamais poderá ser não correspondido. E nem correspondido será, contudo.
É incrível como, em um ano, um sentimento não muda.
E depois é absurda a nossa vontade inata de fazermos o que está errado.
E é surpreendente como a dor nunca é dor até se saber que o é.
Mas avassaladora mesmo é a nossa capacidade de estragar tudo aquilo em que tocamos, que é quase perfeito nos nossos pensamentos.

domingo, 26 de março de 2017

Vencedora do Passatempo MicasArte & Pseudo Psicologia Barata

Olá, olá!
Já temos a vencedora do PASSATEMPO, que estava a decorrer desde o dia 25 de fevereiro.
Foi usado o gerador de números aleatórios do Random e o número sorteado foi o 28, correspondente à participante Helena Dias Rodrigues. 
Parabéns e obrigada a todos pela participação!

quinta-feira, 23 de março de 2017

"5 Mulheres Incríveis da Tecnologia"

Olá!
Hoje venho partilhar com vocês um vídeo que gostei muuuito de ver, da incrível e que vocês já conhecem, Maira Medeiros. Já vos falei dela nesta postagem, lembram-se? 
Eu estava prestes a partilhar este vídeo no meu Facebook, no entanto sei como as coisas são por lá e achei que ia acabar por passar despercebido e sem a devida atenção, que creio que merece. Então, porque acho que conteúdo assim deve ser partilhado, aqui estou eu. E por que é que se deve mostrar este conteúdo? Porque não ouvimos isto em lado nenhum, porque esta ainda é uma área dominada por homens e não são assim tantas as mulheres que se "aventuram" nela, muito por, se calhar, acharem que é, realmente, "coisa de homem". E mesmo quando se fala na história da Tecnologia, das TIC, só ouvimos nomes masculinos, ninguém fala em nomes femininos, talvez porque quase ninguém sabe da sua existência e importância, talvez porque os homens acabaram por se sobrepor a elas. E é estranho, não acham? Eu própria não saberia quem elas eram...
Fiquem, então, com o vídeo e até à próxima!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...